domingo, 24 de abril de 2011

Red Riding Hood

     Qualquer semelhança com a história de Chapeuzinho Vermelho NÃO é mera coincidência... Claro que tem situações em que eu jamais imaginaria tanta criatividade como, por exemplo, o que Chapeuzinho Vermelho leva na cestinha para a avozinha???  

     Definitivamente acabei gostando do filme por vários motivos, primeiro gostei do que dizem ser a fotografia, os atores também desempenharam seus papéis muito bem, mas o que me ganhou foram as inusitadas sacadas da paixonite de Chapeuzinho pelo “lenhador”, o triângulo amoroso dos pais, o mistério de quem seria o lobo e de novo: o que Chapeuzinho leva na cestinha!!!
      No geral é um bom filme e prendeu minha atenção por quase duas horas. O medo do desconhecido é a base de todo o filme e é de dar um sustinho ou outro de vez em quando! Tem capa vermelha feita pela avozinha, lenhador, amor, paixão, lenda, ciúmes, entrega, renúncia  e o que há dentro da cestinha da Chapeuzinho!! Serão doces?? Truffas?? Ovos de Páscoa?? Sanduíches de cordeiros?? Coxinhas de galinha??
  
     A história começa em torno da morte da irmã mais velha de Valerie, por algo parecido com um lobo. Os machões se reúnem e vão à caça. Matam o lobo? Claro! Mas não matam o Lobisomem. Que você sabe, são duas coisas completamente diferentes. O Lobisomem é homem que se transforma em lobo. Então para esclarecer chega na cidade o padre Solomon, que logo vemos ser um maldito (tem suas razões). Daí começa a procura por alguém da aldeia que deve ser o bicho feioso que consegue falar com Valerie (por uivos). 

      Eu achei que eram umas 3 pessoas até descobrir a verdadeira identidade da fera! No final, PASMEM! A Chapeuzinho fica com quem??? (ai que vontade de contar)

     Só não gostei do título em português: A garota da capa vermelha, tem a ver, mas podia ser outro sei lá, tipo Adivinha o que tem dentro da Cestinha???

Um comentário:

  1. Muito diver, adorei matéria. MUITO suspense no ar!!

    ResponderExcluir